The Batsman

Depois do atentado à delegação de Israel nos Jogos Olímpicos de Munique, em 1972, o ataque desta semana à seleção cingalesa de críquete foi o primeiro. Sri Lanka há décadas passa por problemas internos, com a insurgência de movimentos separatistas. O críquete por lá é tão popular quanto o futebol é na América do Sul. Por analogia, é como se fizessem um ataque à seleção de futebol do Brasil.

O batsman e o wicketkeeper, posições de um jogo de críquete (yellowcab.com.au)

A modalidade – parecida com o nosso taco/bets/bente altas que jogamos na rua – é uma das que mais crescem no mundo e o International Cricket Council (organismo máximo do críquete) tem trabalhado intensamente no marketing esportivo, para conquistar mais praticantes e fidelizá-los. E tem obtido excelentes resultados. Fora a Copa do Mundo – uma das mais rentáveis em termos de público e patrocínios -, os jogos internacionais são cada vez mais frequentes e recentemente foi criada uma liga internacional de clubes: há críquete o ano todo!

O ataque não significa um entrave para o desenvolvimento do críquete. Muito pelo contrário. Certamente que esta não é a melhor maneira para conseguir projeção, mas o atentado aos atletas de Sri Lanka deixou a modalidade mais conhecida pelo mundo afora.

0 Responses to “The Batsman”



  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s




Mundo Virga

Houve um erro ao recuperar imagens do Instagram. Uma tentativa será refeita em poucos minutos.

Virgilio’s Tweets

Blog Stats

  • 146.365 hits

#CulturaDeRugby


%d blogueiros gostam disto: