SuperCopa do Brasil 2020

No último fim-de-semana estive em Brasília para trabalhar na Apresentação do Esporte como locutor do “Estádio Nacional de Brasília – Mané Garrincha” na “SuperCopa do Brasil 2020”, entre o Clube de Regatas do Flamengo e o Club Athletico Paranaense, respectivamente o campeão da série A do Campeonato Brasileiro de 2019 contra o vencedor da Copa do Brasil da mesma temporada.

O jogo foi promovido pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF). Um trabalho diferente, rápido, bastante corrido e de grande concentração porque era apenas um jogo. Obrigado “SP2 Brazil” pela confiança e convite.

O rubro-negro carioca venceu por 3 a 0 para um público de 48.009 (quarenta e oito mil e nove) torcedores.

Arena Ice Brasil

Na Quarta-Feira (29/1) a convite da Confederação Brasileira de Desportos no Gelo (CBDG), estive na recém-inaugurada “Arena Ice Brasil”, em São Paulo, para falar aos praticantes e adeptos dos esportes no gelo sobre as novas mídias e a Gestão do Esporte.

A Arena Ice Brasil está localizada no Morumbi, em São Paulo, e é o primeiro empreendimento voltado aos esportes de gelo na América do Sul. Conta com três pistas de curling com tamanho oficial, pista de patinação e de hóquei no gelo, cafeterias, restaurante, lojas especializadas nas modalidades lá praticadas, coworking e serviços diversos.

Um empreendimento ousado, bastante interessante e que certamente dará certo.

Aliás, já deu: saiu do papel e tomou forma.

Em tempo, lembrei-me de uma frase que gosto de recordar:

“Só os que ousam, realizam. Só os que organizam são bem sucedidos.” (Anônimo)

Crédito da foto: CBDG (com Marcelo Unti/CBDG ao centro e Bruno Fontanelli/Font Sports à direita)

Lista de Desejos para 2020

É um cenário ainda distante e pode parecer utópico, mas é preciso ir em direção a ele

Em tempos de virada de ano reflete-se o que foi feito nos últimos 365 dias e é comum definir metas e ações para o próximo ciclo. Longe da falta de criatividade ou da urgência em escrever algo, é frequente lermos textos dos mais diversos temas que listam aquilo que se espera para o próximo ano. Por mais que o cenário seja utópico e o contexto, complexo, pontuar o que se quer não é vulgar e serve de norte para onde se quer chegar.

No cenário da gestão e, especificamente marketing esportivo dentro do futebol, eis uma breve lista do que se espera para 2020:

  1. Que a transparência nas ações das entidades de administração do esporte em nosso país seja prioridade;
  1. Que o marketing do futebol trabalhe de maneira incansável na luta contra a intolerância, o racismo e a xenofobia;
  1. Que exemplos de boa conduta e cidadania sejam comunicados, a fim de reforçar que o esporte é fonte inesgotável destes bons exemplos;
  1. Que as boas práticas de gestão sigam contribuindo com bons resultados dentro e fora de campo;
  1. Que as organizações esportivas saibam de maneira clara dos seus propósitos e trabalhem para eles de maneira profissional;
  1. Que o futebol seja ainda mais gerador de emprego, renda e riqueza;
  1. Que o produto “futebol do Brasil” seja valorizado, em respeito ao torcedor e ao atleta;
  1. Que o marketing do futebol seja um manancial de estudos acadêmicos, afinal a ciência conduz à inovação e inovação é condição sine qua non para o desenvolvimento;
  1. Que todos tenhamos paciência, porque os resultados não acontecem do dia para a noite;
  1. Que os projetos conduzam para os resultados e não o contrário;

Um ano 2020 repleto de conquistas e realizações!

Em tempo: texto publicado originalmente em coluna na “Universidade do Futebol”

Votos de Excelente 2020

Gestão do Esporte em Fortaleza/CE

No último fim-de-semana tive a honra de lecionar a disciplina de “Comunicação Estratégica no Esporte e Mídia” para a turma de pós-graduação em Gestão do Esporte da “Gestão Mix Sports Business”/Faculdade Vale do Jaguaribe, em Fortaleza/CE.

Foram diversos temas abordados, teoria e exemplos práticos para uma turma bastante especial. Agradeço o carinho e empenho de todos os alunos.

Copa Bullguer

No sábado dia 30 de Novembro fui o locutor e MC da “Copa Bullguer de Rugby Sevens”, competição universitária patrocinada pela reconhecida hamburgueria, com vários restaurantes na cidade de São Paulo e no interior.

O torneio aconteceu em uma das mais tradicionais praças esportivas do Brasil: o “estádio Dr. Oswaldo Teixeira Duarte” (do Canindé), que pertence à Associação Portuguesa de Desportos. Foi um dia bastante intenso com partidas nas categorias feminina e masculina, que começaram às 8h da manhã, debaixo de forte sol e alta umidade relativa.

No intervalo entre os jogos da parte da manhã e da tarde, um desafio de drops animou o público presente. Do lado de fora do estádio havia DJ e food-trucks. Dentro de campo os campeões foram: Poli Athena (feminino) e FMU (masculino).

No “terceiro tempo”, bastante comida e atrações musicais como Tropikillaz e Marcelo D2. Torneio e dia para romper paradigmas e fazer perceber que o Rugby tem totais condições de crescer ainda mais no Brasil.

Créditos das fotos: Bruno Ruas/Ruas Mídia

Handball Universitário

No último domingo (primeiro de Dezembro) trabalhei para a FotoJump, que presta serviços de mídia pela internet para o canal do NDU (Novo Desporto Universitário). Fui o narrador da parte da manhã dos jogos de handball transmitidos facebook desde o Esporte Clube Pinheiros, em São Paulo.

Foram três jogos: Medicina PUC Sorocaba x Comunicação Mackenzie (Feminino); FEA-USP x Engenharia Mackenzie (feminino) e FGV x Medicina São Camilo (masculino).

Foi uma grande experiência e valeu muito a pena!

Créditos da foto: Luiz Pires/FotoJump



%d blogueiros gostam disto: