Archive for the 'Futebol' Category

Episódio novo do podcast do “EsportePédia”

O autor deste site trabalha em um projeto chamado “EsportePédia”, e um dos seus produtos é um podcast. É realizado em conjunto com dois grandes amigos, o Chico Dudu e o Ale Ferrer.

Já temos mais de dez episódios em que contamos alguns casos sobre o envolvimento do esporte com a política e algumas curiosidades intrigantes. Por isso do nome: “EsportePédia”, espécie de “Enciclopédia do Esporte”.

No décimo primeiro episódio, eu e o Ale Ferrer contamos a curiosa história do porquê de as bases das traves da Copa do Mundo de futebol masculino de 1978, na Argentina, terem sido pintadas de preto, mostradas na foto abaixo:

Foi um sinal de protesto. Saibam mais sobre o tema no podcast do “EsportePédia”, disponível nas principais plataformas (Spotify, Apple Podcasts, Google Podcasts) ou então no link a seguir:

SuperCopa do Brasil 2020

No último fim-de-semana estive em Brasília para trabalhar na Apresentação do Esporte como locutor do “Estádio Nacional de Brasília – Mané Garrincha” na “SuperCopa do Brasil 2020”, entre o Clube de Regatas do Flamengo e o Club Athletico Paranaense, respectivamente o campeão da série A do Campeonato Brasileiro de 2019 contra o vencedor da Copa do Brasil da mesma temporada.

O jogo foi promovido pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF). Um trabalho diferente, rápido, bastante corrido e de grande concentração porque era apenas um jogo. Obrigado “SP2 Brazil” pela confiança e convite.

O rubro-negro carioca venceu por 3 a 0 para um público de 48.009 (quarenta e oito mil e nove) torcedores.

Lista de Desejos para 2020

É um cenário ainda distante e pode parecer utópico, mas é preciso ir em direção a ele

Em tempos de virada de ano reflete-se o que foi feito nos últimos 365 dias e é comum definir metas e ações para o próximo ciclo. Longe da falta de criatividade ou da urgência em escrever algo, é frequente lermos textos dos mais diversos temas que listam aquilo que se espera para o próximo ano. Por mais que o cenário seja utópico e o contexto, complexo, pontuar o que se quer não é vulgar e serve de norte para onde se quer chegar.

No cenário da gestão e, especificamente marketing esportivo dentro do futebol, eis uma breve lista do que se espera para 2020:

  1. Que a transparência nas ações das entidades de administração do esporte em nosso país seja prioridade;
  1. Que o marketing do futebol trabalhe de maneira incansável na luta contra a intolerância, o racismo e a xenofobia;
  1. Que exemplos de boa conduta e cidadania sejam comunicados, a fim de reforçar que o esporte é fonte inesgotável destes bons exemplos;
  1. Que as boas práticas de gestão sigam contribuindo com bons resultados dentro e fora de campo;
  1. Que as organizações esportivas saibam de maneira clara dos seus propósitos e trabalhem para eles de maneira profissional;
  1. Que o futebol seja ainda mais gerador de emprego, renda e riqueza;
  1. Que o produto “futebol do Brasil” seja valorizado, em respeito ao torcedor e ao atleta;
  1. Que o marketing do futebol seja um manancial de estudos acadêmicos, afinal a ciência conduz à inovação e inovação é condição sine qua non para o desenvolvimento;
  1. Que todos tenhamos paciência, porque os resultados não acontecem do dia para a noite;
  1. Que os projetos conduzam para os resultados e não o contrário;

Um ano 2020 repleto de conquistas e realizações!

Em tempo: texto publicado originalmente em coluna na “Universidade do Futebol”

Copa do Mundo FIFA de Futebol de Praia

Nos dias 21 e 22 de Novembro fui convidado a ser o locutor bilíngue (Inglês/Espanhol) para a Copa do Mundo FIFA de Futebol de Praia masculino, organizada nas dependências do Comitê Olímpico Paraguaio, em Assunção/Paraguay.

Foi um grande desafio, dias bastante intensos e de bastante aprendizado.

Trabalhei em oito jogos, o último deles vitória do Brasil sobre Omã por 8 a 2. Esta variante do futebol é bastante dinâmica e bacana, que permite uma interação bem grande entre o locutor, público e o jogo.

Valeu bastante a pena!

Copa do Mundo FIFA Sub17

Entre os dias 23 de Outubro e 12 de Novembro estive em Goiânia para a Copa do Mundo FIFA sub17 de futebol masculino. Fui locutor bilíngue da equipe de “infotrenimento” (Informação + Entretenimento). Fiz parte de um grupo espetacular e que entregou um grande evento.

Foram ao todo dezoito (18) jogos, terminamos com uma vitória do Brasil sobre a Itália por 2 a 0 no Estádio Olímpico, pelas quartas-de-final do torneio. A seleção brasileira foi a grande campeã do certame ao vencer o México na final, de virada, por 2 a 1.

Foi uma grande honra e experiência espetacular!

Dia de Futebol Japonês

Ao aproveitar a passagem pela “Terra do Sol Nascente”, fui convidado pelo Carlos ‘Manikim’ Suriano para um jogo válido pela segunda divisão do futebol local (J-League 2), entre o JEF United Chiba e o Tokushima Vortis. O ‘Manikim’ (apelido de infância) é preparador físico do Tokushima e amigo de longa data. Vive no Japão há 13 anos com a esposa e os filhos.

Aceitei o convite, claro, e fui com a camisa do nosso clube de coração, o Esporte Clube XV de Novembro de Jaú. O maior ídolo do futebol japonês, Kazuioshi ‘Kazu’ Miura, atuou no Brasil por alguns anos e o seu primeiro clube em nosso país foi justamente o XV de Jaú. Abaixo, um jogo do XV contra o Corinthians, de 1988, em que ele faz um dos gols:

E agora, abaixo, o vídeo que fiz sobre o dia de futebol japonês:

Recomendo assistirem o documentário do amigo Tiago Pavini, com uma entrevista com o pai do Kazu, para terem uma ideia da importância do XV de Jaú para o futebol do Japão:

Copa América 2019

A Copa América de 2019 foi realizada no Brasil e fui contratado para ser o locutor trilíngue do Mineirão (Minas Arena, antigo estádio Governador Magalhães Pinto). Trabalhei nos seguintes jogos:

  1. Equador 0 x 4 Uruguai
  2. Argentina 1 x 1 Paraguai
  3. Bolívia 1 x 3 Venezuela
  4. Equador 1 x 1 Japão
  5. Brasil 2 x 0 Argentina (semi-final)

Foi um trabalho bastante intenso e que exige bastante concentração e atenção, especificamente com as situações de jogo, os nomes dos atletas e os idiomas envolvidos (Português/BR, Espanhol e Inglês).

Todos os jogos foram inesquecíveis, mas um Brasil x Argentina é incomparável.



%d blogueiros gostam disto: