Antes Tarde do que Nunca

Tardia porém excelente a ideia do Comtê Organizador da Copa Africana de Nações (CAN) em promover o torneio mundo afora. Até lá serão 8 meses para chamar a atenção do globo àquele continente antes mesmo da realização da Copa do Mundo, na África do Sul, em junho de 2010.

A CAN será disputada em Angola, um dos países que mais crescem no planeta, sustentada pelo petróleo e pelas riquezas minerais, como os diamantes. Assolada por décadas de guerra civil, o país quer mostrar ao mundo não apenas o crescimento marcado pela desigualdade social, tampouco no âmbito desportivo – em termos de África – como referência no basquetebol e hóquei sobre patins. Angola, a sua riqueza e seu poder político também querem fazer parte do mundo do futebol. Eles participaram do Mundial de 2006 na Alemanha; serão os anfitriões da CAN’2010; têm dinheiro e falam português: um diferencial no mundo do futebol, com o Brasil como grande exponente e Portugal com o maior jogador na atualidade. É o idioma que mais sabe jogar bola.

Luanda, capital de Angola (angolar.blogs.sapo.pt)

Para isso Angola convidou L.F. Scolari para ser o mister (treinador) de sua seleção. Assim sendo, mais chances de sucesso para o futebol angolano e mais imagem para o torneio continental africano, com Scolari o promovendo na Europa (através de Portugal), nas Américas (através do Brasil) e na Ásia (através do Japão, onde foi campeão mundial em 2002).

Manucho, Gilberto e Flávio, alguns dos “Palancas Negras”, como é conhecida a seleção de futebol de Angola (primeirotoque.pt)

Angola é um país com um enorme potencial. Infelizmente este potencial está concentrado nas mãos de poucos. Enfim, eles foram espertos ao convidar Scolari, que é capaz de revolucionar o futebol por lá. Mas a ideia e o convite vieram tarde, não por Felipão ter treinado o Chelsea FC, ou indeciso com o futuro. Um país rico, que fala português, que há anos sabe que organizará a CAN , que quer fazer parte do “clube do futebol”, mas que só agora percebe tudo isso, significa perder grandes oportunidades. Há muito devia haver um intercâmbio desportivo com Brasil ou Portugal. Não apenas no futebol. Mais oportunidades de negócio para angolanos, brasileiros e portugueses. Entretanto, pelo que parece, infelizmente não falamos a mesma língua.

Mantorras, angolano do SL Benfica (eusebiomais10.blogspot.com)

Antes de terminar, um recado para o Scolari, se assumir a seleção dos Palancas Negras: “Deixe o Mantorras jogar!”

1 Response to “Antes Tarde do que Nunca”


  1. 1 edgar bless 30/06/2009 às 11:35 am

    adoro os jogadores da selcao angolana e espero muito.obrigado


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s





%d blogueiros gostam disto: