Os Devotos

Já dizia Eduardo Galeano que jogar sem torcida é como dançar sem música. Com razão. Às centenas, aos milhares eles enchem as bancadas e dão vida, cor e voz ao espetáculo. Há quem prefira ficar nos camarotes, sentado, confortável. Ha quem queira ficar em pé, gastando toda a saliva a cantar e berrar por amor e devoção ao clube. Abaixo, o “Ultras Tito Cucchiaroni” da Sampdoria, de Gênova:

ultrastito

Existem maneiras de torcer. No Reino Unido, os mais devotos juntam-se atrás dos gols (as “Kops”), onde os preços são mais em conta e por isso vêm de camadas sociais mais humildes. São os mais carnavalescos: cantam, gesticulam, berram, aplaudem e vaiam. Sempre em pé, cada família, cada bairro e cada localidade com a sua bandeira. Foram das Kops que muitos dos hooligans surgiram, infelizmente. Completamente diferente dos devotos que compram seus lugares à frente do campo. Abaixo, a ‘Kop’ do Liverpool:

kop

Na Europa do Mediterrâneo os mais carnavalescos são identificados como sendo parte do movimento “Ultra”: promovem grandes coreografias, cantos e são pró-ativos em cobrar algo da direção do clube. Podemos citar a Torcida Verde do Sporting (Portugal), os Ultras Tito Cucchiaroni (Sampdoria, Itália) e o Commando Ultra’84 (Marselha, França). Os ultras são as torcidas organizadas do Brasil, e as barras bravas da Argentina, que nasceram no contexto do regime militar em ambos os países, em que o agrupamento de pessoas em torno do futebol não era mal visto pelos governantes. Surgiram nesta época os Gaviões da Fiel (Corinthians) e a Torcida Jovem (Botafogo). Era durante o governo do General Videla que surgia a “La 12” do Boca Juniors, e no Chile os “Los de Abajo” marcavam presença no estádio Nacional nos primeiros anos do regime de Pinochet. Em seguida, foto dos ‘Bukaneros’ do  Rayo Vallecano (Vallecas/ESP):

rayo

Como dizia um antigo dirigente do Atlético de Madrid: “O futebol é bom para que as pessoas não pensem em coisas ruins”. Quais coisas ruins? No contexto em que foi proferida esta frase, as coisas ruins eram conspirar contra o governo ou organizar greves. Hoje em dia estes grupos supracitados pensam coisas ruins e agem de maneira ruim. Quando pensamos em torcidas organizadas, Ultras e afins, relacionamos à violência, infelizmente. Muitos dos objetivos e princípios das organizadas e dos ultras vêm se perdendo ao longo do tempo. Além da intervenção do governo, é preciso que os próprios grupos repensem e revejam isso. Só o esporte, só o futebol será prejudicado porque à medida em que a violência aumenta, o torcedor deixará de freqüentar os estádios. Resultado: milhares de empregos diretos e indiretos que não são criados e milhões em dinheiro que deixariam de circular, porque o espetáculo já não interessa mais a ninguém. Não deixemos isso acontecer.

Abaixo, ‘La Guardia Imperial’, do Racing Club (Avellaneda, GCBA, Argentina)

LA GUARDIA IMPERIAL

0 Responses to “Os Devotos”



  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s




Esses Dias na História

27 de Maio

1703 – O Czar Pedro, o “Grande”, funda a cidade de São Petersburgo

28 de Maio

1993 – Eritreia e Mônaco se tornam membros da Organização das Nações Unidas

29 de Maio

1985 – Tragédia de “Heysel” (estádio em Bruxelas/BEL) em que mais de 30 torcedores da Juventus morrem antes do jogo final da Copa dos Campeões da Europa (atual Liga dos Campeões da UEFA)

30 de Maio

1961 – Rafael Leônidas Trujillo, ditador da República Dominicana, é assassinado em Santo Domingo (na altura chamada de “Ciudad Trujillo”)

31 de Maio

1910 – Criação da União Sul-Africana (atual África do Sul)

1961 – A União Sul-Africana sai da Comunidade Britânica (Commonwealth) e se torna “República da África do Sul”

1º de Junho

1967 – Os Beatles lançam o álbum “Sgt. Pepper’s Lonely Hearts Club Band”, um dos mais aclamados álbuns da história do rock e número 1 de todos os tempos segundo a revista Rolling Stone

2 de Junho

1917 – O Brasil revoga sua neutralidade na Primeira Guerra Mundial e aborda barcos alemães

3 de Junho

1822 – Dom Pedro recusa fidelidade à Constituição portuguesa e convoca a primeira Assembleia Constituinte brasileira

4 de Junho

1970 – Independência de Tonga

5 de Junho

2003 – Dissolução da República Federal da Iugoslávia

6 de Junho

1944 – Segunda Guerra Mundial: Desembarque na Normandia de 155.000 soldados das tropas aliadas (“Dia D”)

7 de Junho

1494 – Portugal e a Espanha assinam o Tratado de Tordesilhas

8 de Junho

1990 – Começa o XIV Campeonato Mundial de Futebol na Itália com o jogo de abertura Camarões 1 x 0 Argentina

9 de Junho

1934 – Estreia do “Pato Donald” em The Wise Little Hen

10 de Junho

1539 – Hernando de Soto desembarca na baía do Espírito Santo (atual Sarasota, FL), nos Estados Unidos, com 600 homens

1770 – O governador de Buenos Aires, Bucarell, ordena que os ocupantes britânicos das ilhas Malvinas desocupem a zona

1776 – O Congresso de Filadélfia aprova a Declaração de Independência dos estados da união, nos Estados Unidos.

1829 – O governador das Províncias Unidas do Rio da Prata cria o Comando Político e Militar das Ilhas Malvinas

11 de Junho

***DATA MAGNA DA MARINHA DO BRASIL***

1865 – Vitória brasileira na Batalha Naval do Riachuelo, da Guerra do Paraguai

12 de Junho

1921 – Fundação do Figueirense Futebol Clube

13 de Junho

1808 – Criado o Jardim Botânico do Rio de Janeiro

14 de Junho

1900 – Havaí se torna parte do Estados Unidos

1982 – Fim da Guerra das Malvinas

15 de Junho

1891 – Já em tempos de República, é oficializada a Província de Minas Gerais como unidade da Federação

Mundo Virga

Houve um erro ao recuperar imagens do Instagram. Uma tentativa será refeita em poucos minutos.

Blog Stats

  • 142,840 hits

Virgilio’s Tweets

#CulturaDeRugby


%d blogueiros gostam disto: