Tensão na América Latina

Brasil e Equador já estão em atrito desde a última quinta-feira. O México já declarou apoio aos tupiniquins enquanto que os argentinos já manifestaram ficar ao lado dos equatorianos. Cidades como Quito e o Rio de Janeiro já estão mobilizadas para o choque. Nas ruas de Copacabana, nos cafés-da-manhã de cada padaria do Méier, nos happy-hours dos bares da Zona Sul, o assunto não é outro. Nas rodas de conversa da Praça de San Francisco e nos populares encontros do Mercado La Mariscal, em Quito, o assunto também não é outro senão os grandes embates que envolverão os dois países.

Visualização dos dois países. Antigamente o Equador fazia fronteira com o Brasil

Resquícios daquele 29 de janeiro de 1945, quando o Brasil reconheceu peruano parte do território do Equador? E que por muitos anos a embaixada Brasileira era apedrejada nesta data? Não. Mas é um conflito entre países Latinoamericanos. Os Libertadores da América devem estar furiosos em seus túmulos. San Martín, Bolívar, Miranda, O’Higgins, Artigas, López, Villa, Zapata e D. Pedro I do Brasil, extremamente atentos aos próximos acontecimentos que definirão o futuro deste continente.

Alguns dos Libertadores da América

Calma! Não é uma guerra, mas os Libertadores devem estar se revirando em suas tumbas! Certamente também estão acompanhando o desenrolar de um torneio continental de futebol, feito em suas homenagens. Desde o início da década de 60 eles prestam atenção neste acontecimento que mobiliza milhões de pessoas nesta importante região – pelo menos esportiva – do planeta. Claro que cada um tem a sua preferência: Solano López já vibrou bastante com o Olímpia (1979, 1990, 2002); O’Higgins com o Colo-Colo (1991), Artigas já festejou por 8 vezes com o Nacional e o Peñarol! San Martín, por sua vez, perdeu as contas: só com o Independiente e com o Boca Juniors, foram 13 anos no mínimo em que ele zombou dos demais Libertadores. Simón Bolívar não teve muito sucesso: Atlético Nacional em 1989 e Once Caldas em 2004, apenas. Já D. Pedro I do Brasil – que segundo ele com exceção dos títulos de Grêmio e Inter que são clubes-comparsas de Bento Gonçalves -, também comemorou bastante!

Cenário típico das arquibancadas de um jogo pela Taça Libertadores

Enfim, a final da 49ª Taça Libertadores está aí: Fluminense FC vs. Liga Deportiva Universitaria de Quito. E vai haver um campeão inédito. Brasil e Equador estão apostos para acompanhar estes embates que refletirão toda a essência do futebol Latinoamericano: vai ser um misto do jogo dos negros, do futebol do altiplano andino, do estilo carioca, da raça gaúcha (através do técnico do Fluminense) e do jogo criollo dos 7 argentinos nesta final (6 pela LDU e 1 pelo tricolor do Rio). D. Pedro I do Brasil vestirá o manto branco, verde e grená confeccionado pela adidas, enquanto que Simón Bolívar usará aquele “U” com fundo azul e vermelho feito pela Umbro. Sem dúvida que verão a final da Libertadores, juntamente com os demais Libertadores, que estarão à espera de uma temporada melhor no próximo torneio.

 

0 Responses to “Tensão na América Latina”



  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s




Virgilio’s Tweets

Esses Dias na História

14 de Agosto

1974 – Nasce Ryan Gracie, grande responsável pela expansão dos negócios da família com academias de Jiu-Jitsu Brasileiro.

15 de Agosto

1823 – Adesão da Província do Grão-Pará ao Império do Brasil.

16 de Agosto

1992 – O inglês Nigel Mansell torna-se campeão mundial de pilotos de Fórmula 1

17 de Agosto

1979 – Fundada a Associação Nacional de Jornais do Brasil, com o objetivo de defender a liberdade de imprensa

18 de Agosto

1964 – A África do Sul é banida dos Jogos Olímpicos pelo COI por não renunciar ao regime de apartheid (política de segregação racial)

19 de Agosto

1981 – Entra no ar o Sistema Brasileiro de Televisão (SBT).

20 de Agosto

2016 – O Brasil conquista a medalha de ouro no futebol masculino dos Jogos Olímpicos.

21 de Agosto

1991 – Tentativa de golpe na URSS: a junta é dissolvida e Mikhail Gorbachev recupera o poder. O parlamento da Letônia proclama sua independência da URSS.

22 de Agosto

1910 – Anexação da Coreia pelo Japão, o que quase extinguiu a cultura coreana.

23 de Agosto

1987 – O Brasil conquista a medalha de ouro no basquetebol masculino nos Jogos Pan-Americanos.

Blog Stats

  • 144,520 hits

#CulturaDeRugby


%d blogueiros gostam disto: