Desempenhos Olímpicos

Observe o quadro de medalhas destes últimos Jogos Olímpicos. Entre os 10 primeiros países, com exceção da China e dos EUA, todos eles têm uma população menor que a do Brasil. Bem menor! A Austrália com cerca de 20 milhões; a Coréia do Sul, com 55; o Reino Unido, com 60; a Itália, com os mesmos 60. Holanda (15 milhões), Espanha (40 milhões), Ucrânia (55 milhões) e Jamaica (2 milhões!) estiveram à frente do Brasil, 23º no quadro geral. Até a Etiópia vem antes do Brasil.

Corredor Etíope (Fonte: Folha)

Várias explicações existem para isso e uma delas é o do investimento no esporte. Em nada surpreende a quarta colocação dos britânicos. Resultado do “Game Plan” elaborado pelo governo de Londres, com vistas aos Jogos de 2012, mas principalmente para melhorar a qualidade de vida da população. Vale ressaltar que o investimento não é apenas na alta competição. Rússia e Ucrânia herdaram o potencial da ex-URSS. Na Oceania, a prática esportiva e a vida do australiano sempre andaram lado a lado. A Coréia do Sul, que investe maciçamente no esporte como meio formador da sociedade daquele país, colhe os frutos que começaram há 20 anos, com os Jogos de Seul. Com relação a países como Jamaica e Etiópia, todas as suas medalhas foram para o atletismo e reflete como esta modalidade predomina nestes países, assim como o beisebol está para a República Dominicana e o críquete para a Índia. Sim, os seus resultados valem muito. Mas, em uma modalidade apenas, não significam e tampouco projetam grandes coisas.

Reggae Boys (Fonte: globoesporte.com)

Desempenho pífio do Brasil, com apenas 3 medalhas de ouro? Claro que não! 15 medalhas, o recorde junto com os Jogos de Atlanta’96. O resultado é excelente, tendo em vista a gama das modalidades em que os brasileiros obtiveram as medalhas, como por exemplo o bronze da dupla feminina na vela, o bronze no Tae Kwon Do, o primeiro ouro da natação e do salto em distância.

Marcelinho e Giba, da seleção masculina de voleibol do Brasil (Fonte: CBV)

Muito mais investimento deve ser feito, sem sombra de dúvidas, sem esquecer que não apenas a posição no quadro geral de medalhas é importante. Isto é apenas a conseqüência da massificação do esporte, um dos fatores essenciais para o crescimento do país.

0 Responses to “Desempenhos Olímpicos”



  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s




Virgilio’s Tweets

Esses Dias na História

14 de Agosto

1974 – Nasce Ryan Gracie, grande responsável pela expansão dos negócios da família com academias de Jiu-Jitsu Brasileiro.

15 de Agosto

1823 – Adesão da Província do Grão-Pará ao Império do Brasil.

16 de Agosto

1992 – O inglês Nigel Mansell torna-se campeão mundial de pilotos de Fórmula 1

17 de Agosto

1979 – Fundada a Associação Nacional de Jornais do Brasil, com o objetivo de defender a liberdade de imprensa

18 de Agosto

1964 – A África do Sul é banida dos Jogos Olímpicos pelo COI por não renunciar ao regime de apartheid (política de segregação racial)

19 de Agosto

1981 – Entra no ar o Sistema Brasileiro de Televisão (SBT).

20 de Agosto

2016 – O Brasil conquista a medalha de ouro no futebol masculino dos Jogos Olímpicos.

21 de Agosto

1991 – Tentativa de golpe na URSS: a junta é dissolvida e Mikhail Gorbachev recupera o poder. O parlamento da Letônia proclama sua independência da URSS.

22 de Agosto

1910 – Anexação da Coreia pelo Japão, o que quase extinguiu a cultura coreana.

23 de Agosto

1987 – O Brasil conquista a medalha de ouro no basquetebol masculino nos Jogos Pan-Americanos.

Blog Stats

  • 144,520 hits

#CulturaDeRugby


%d blogueiros gostam disto: