As 12 Rainhas

Durante os últimos dias o mundo – por que não? – acompanhou de perto a babação de ovo de 17 cidades brasileiras para a comitiva da FIFA/CBF/Ministério do Esporte, com o objetivo de serem escolhidas como cidades-sede do Mundial de Futebol de 2014. A cada cidade visitada, uma surpresa: um mimo, uma dança, enfim. Beirava o ridículo. São as 17 cidades que concorrem a 12 vagas de cidades-sede: Porto Alegre, Florianópolis, Curitiba; São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte; Cuiabá, Campo Grande, Goiânia, Brasília; Rio Branco, Manaus, Belém; Fortaleza, Natal, Recife e Salvador. O que será que é preciso para ser sede?

Mais que influência política e pujança econômica, claro. Se tivermos como base a Copa da Alemanha de 2006, Rostock e Dresden foram as únicas grandes cidades que ficaram de fora. Nos EUA durante o Mundial de 1994, lembro-me de Atlanta, Seattle e Denver, como grandes cidades que foram deixadas de lado (mesmo Atlanta sendo sede da Coca-Cola, principal patrocinador da FIFA).

Por enquanto o mundial do Brasil está muito incipiente, com projetos baseados em maquetes e em desenhos. Se pelo menos cerca de 60% daquilo que foi planejado e desenhado sair dos papéis, já vai ser uma vitória.

Complexo viário da Cidade do Cabo (www.development.co.za)

Faltam 5 anos para 2014. São apenas 5 anos. São 5 anos para o país investir em transportes, comunicações, turismo, segurança, educação, turismo e emprego. Muito será preciso ser feito para o país ter condições de receber o segundo maior evento do planeta. É aquilo mesmo dos 50 anos em 5 de JK. Pior ainda, talvez 100 anos em 5.

Pelo visto, vários estádios serão reformados. Discordo disso pelos gastos excessivos. É mais barato construir um novo do que reformar um antigo. Se querem saber como se constrói um estádio, que conheçam o trabalho feito por Portugal para a Euro’2004. Para potenciar o uso de um estádio, que saibam como este trabalho é conduzido nos EUA e no Canadá. Se o Brasil quiser potenciar a incorporação de um estádio dentro do espaço urbano, conjugado com os transportes e as comunicações, é preciso aprender com o Japão. Assim sendo, de que adianta um estádio com 40000 pessoas em uma cidade em que até o fuso horário atrapalha? Para que fazer sede a capital de um estado que não possui posição de destaque no cenário sócio-econômico nacional? 

Para uma cidade ser sede de um mundial é preciso levar em conta, em primeiro lugar, a sua acessibilidade. Depois levamos em consideração itens como importância econômica, indicadores sociais e potencial turístico. Em último lugar – mas não menos importante -, a importância dos clubes locais para o futebol nacional.

manaus

A cidade de Manaus, capital do Amazonas (manaus.am.gov.br)

Levando em linha de conta estas variáveis, vejamos as três capitais do Norte que concorrem: Rio Branco, Manaus e Belém. Manaus supera as outras duas, apesar de não ter contado recentemente com clubes na primeira divisão nacional. Com relação às capitais do Centro-Oeste (Goiânia, Brasília, Cuiabá e Campo Grande), provavelmente serão duas as escolhidas, que serão Brasília (pelo fato de ser a Capital Federal) e Campo Grande (mais fácil acesso, porta de entrada do Pantanal e fronteira com 2 países, potenciando o turismo).

No Nordeste a concorrência é forte. Fortaleza, Recife e Salvador são as capitais dos 3 principais estados daquela região. Natal, portanto, está em desvantagem. No sul e no sudeste, todas as cidades postulantes estão adequadas principalmente às variáveis de acessibilidade e palmarés desportivo e, portanto, serão certamente escolhidas.

Projeto do estádio do Mineirão para a Copa de 2014 (ademg.mg.gov.br)

Com isso, na opinião deste blogueiro, analisadas e levadas em consideração todas as variáveis, as 12 rainhas escolhidas para 2014 serão: São Paulo (onde provavelmente será o jogo de abertura), Rio de Janeiro (onde será a final*), Belo Horizonte, Porto Alegre, Florianópolis, Curitiba, Salvador, Recife, Fortaleza, Manaus, Campo Grande e Brasília.

Será interessante saber como será o processo de escolha. Que os membros da comitiva saibam realmente escolher as cidades-sede e que as escolhidas façam o melhor. Porque um evento como a Copa do Mundo pode mudar um país.

* – item que será tema para outros textos

0 Responses to “As 12 Rainhas”



  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




Esses Dias na História

16 de Janeiro

1605 – Publicado em Madrid a primeira edição de El ingenioso hidalgo Don Quijote de la Mancha” (Livro I de Dom Quixote) de Miguel de Cervantes

17 de Janeiro

1377 – Papa Gregório XI muda o Papado de Avignon de volta para Roma

18 de Janeiro

1535 – Fundação de Lima, capital do Peru

19 de Janeiro

1983 – Anunciado o “Apple Lisa”, o primeiro computador pessoal comercial da Apple a ter uma interface gráfica do usuário e um mouse

20 de Janeiro

1917 – Lançado em disco “Pelo Telefone”, considerado o primeiro samba a ser gravado no Brasil

21 de Janeiro

1911 – Ocorre o primeiro Rali de Monte Carlo

22 de Janeiro

1968 –  Apollo 5 lança o primeiro voo teste não tripulado do Módulo Lunar Apollo (LM-1) para o Programa Apollo da NASA

23 de Janeiro

1579 – União de Utrecht forma uma república protestante nos Países Baixos

24 de Janeiro

1984 – Apple Computer lança nos Estados Unidos o computador pessoal “Macintosh”

25 de Janeiro

1554 – Fundada a Vila de São Paulo de Piratininga, atual São Paulo, capital do estado homônimo e cidade com o maior número de habitantes do país

1924 – Abertura das Jogos Olímpicos de Inverno de Chamonix (FRA)

1934 – Fundação da Universidade de São Paulo (USP)

26 de Janeiro

1546 – Fundação da atual cidade de Santos (na imagem abaixo, o brasão de armas do município, cuja inscrição significa: “À Pátria ensinei a liberdade e a caridade”)

27 de Janeiro

1983 – Perfurado o eixo piloto do túnel Seikan, o túnel subaquático mais longo do mundo (53,85 km) entre as ilhas japonesas de Honshu e Hokkaido

28 de Janeiro

1808 – Promulgado o Decreto de Abertura dos Portos às Nações Amigas pelo Príncipe-regente de Portugal Dom João de Bragança, em Salvador

29 de Janeiro

1886 – Karl Benz patenteia o primeiro automóvel bem sucedido à gasolina

30 de Janeiro

1972 – Domingo Sangrento: paraquedistas britânicos abrem fogo contra manifestantes católicos em Derry, Irlanda do Norte, matando 14 pessoas.

31 de Janeiro

1966 – URSS lança a nave espacial não tripulada Luna 9 como parte do “Programa Luna”.

1º de Fevereiro

1987 – Instalada a Assembleia Nacional Constituinte (ANC) no Brasil, presidida pelo deputado federal Ulysses Guimarães (a ANC trabalhou para a atual Carta Magna da República Federativa do Brasil, em 5-10-1988)

2 de Fevereiro

1914 – Fundação do Paysandu Sport Club, em Belém/PA

3 de Fevereiro

1536 – Pedro de Mendoza funda a cidade de Buenos Aires

4 de Fevereiro

1856 – Fundação da Vila de Mokói-Yembú, atual Dois Córregos

5 de Fevereiro

1973 – Os Estados Unidos enterram o último soldado morto na Guerra do Vietnã, conflito que oficialmente acabou só em 30-4-1975

6 de Fevereiro

1840 – Assinatura do “Tratado de Waitangi”, na Nova Zelândia: garante a soberania do Reino Unido sobre o território. Também garante aos nativos da continuidade da chefia e a posse das suas terras e tesouros (tsonga em māori). Por fim, concede iguais direitos aos Māori e anglo-descendentes.

7 de Fevereiro

1756 – É assassinado Sepé Tiaraju, líder da resistência dos Sete Povos das Missões

Mundo Virga

🎙"ON DUTY"

Blog Stats

  • 140,899 hits

Virgilio’s Tweets

#CulturaDeRugby


%d blogueiros gostam disto: