Questão de Bom Senso

Não, não é o slogan antigo de uma marca de cigarros! Em sua coletiva após o jogo, Ronaldo reclamou da desorganização que foi a cerimônia de encerramento do campeonato paulista. “Microfonadas” e “fogo”, enquanto ele queria comemorar com os companheiros e a torcida.

O que aconteceu é espelho da organização da direção do futebol brasileiro. A imprensa que, competitiva e na ânsia da informação, quer ser a primeira a registrar a felicidade (ou não do atleta). Dirigentes que estão ali no campo sem motivo aparente – apenas pelos motivos deles mesmos – e, por terem influência, seus parentes e amigos estão ali também. Ridículo.

Para quem trabalha por mais bom senso na gestão do esporte, ninguém melhor que Ronaldo – um perito na questão, por tudo que conquistou e exemplos que viveu – para questionar os organizadores. Organização é questão de bom senso: respeito aos jogadores, aos torcedores, aos patrocinadores (ninguém quer ter a sua marca associada à confusão), aos veículos de comunicação (todos querem a notícia e no fim eles têm) e aos telespectadores (em um domingo com a família e amigos, também ninguém quer ver tragédia pela TV).

Disse ele ainda que não queria consertar nada ou “botar ordem”. Querendo ou não, ele botou.

0 Responses to “Questão de Bom Senso”



  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s





%d blogueiros gostam disto: