Taça Quente

Excelente o campeonato paulista de 2009. Boas equipes, estrelas, competitividade, mas que sempre ganha um clube da capital. Bom, este é um outro papo.

O campeonato paulista foi tão quente que a cerimônia de entrega da Taça na verdade foi um show pirotécnico. Os fogos misturados aos papelitos branco e preto provocaram chamas que atingiram o elevador em que estavam o Secretário dos Esportes de São Paulo, o Ministro do Esporte, o representante da Federação Paulista, o presidente do Corinthians (?) e o capitão alvi-negro, com a taça. Muito bem organizada e rápida a cerimônia até o elevador e o fogo.

Qual o motivo de colocarem um elevador lá? Algumas ideias são ótimas, muito bem-vindas, mas a de colocar um elevador, não. 

Ademais, o que o presidente do Corinthians estava fazendo lá? Ele comprou o clube? Ele entrou em campo, literalmente? Não fica bem para alguém que propunha uma atitude diferente da de “cartolas” como Eurico Miranda e Dualib.

Como foi dito, a cerimônia estava correndo muito bem. O episódio do elevador (o fogo foi consequência) pegou mal. A ausência daquela antiga taça da fachada do Palácio dos Bandeirantes também.

SE Palmeiras campeão em 1993, com a taça do Palácio dos Bandeirantes (sede do governo paulista) (palestrinos.uol.com.br)

Em tempo: “O título é bom para atrair patrocínios e rendimentos, e com eles melhorarmos as condições de treinamentos e melhorarmos a equipe” (Mano Menezes, logo após o jogo). Sensato, no mínimo!

0 Responses to “Taça Quente”



  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s





%d blogueiros gostam disto: