Que Rei Sou Eu?

Eu era garoto e passava uma telenovela com esse título. Pois bem, você não acessou o blog da TV. Estamos a tratar do desporto e da sua profissionalização.

Era uma vez, no interior do País, um clube importante de uma cidade importante, cujo rival, da mesma cidade, também era importante. Era o clube da elite da cidade, enquanto o rival era mais humilde. A valerem da abundância de recursos e da paixão de seus torcedores, muitos dos dirigentes deste clube de origem rica aproveitaram-se da situação e apropriaram-se das suas receitas e patrimônio. Enquanto isso, o outro clube, de origem mais humilde, manteve os pés no chão, investiu em infra-estrutura e nas categorias de base. Em termos de resultados desportivos, enquanto um declinava o outro alcançava as metas estabelecidas.

Eis que atualmente o clube da elite está em um escalão do futebol duas vezes menor que o rival, que está no principal. Este, realiza um bom torneio; aquele, um péssimo.

De repente surge um investidor, capaz de sanar as finanças da instituição outrora roubada e investir no clube. “Vai ser a salvação!”, todos pensam. Será a salvação certamente se houver bom ambiente de trabalho, se houver sintonia entre a equipe do investidor e o presidente e conselheiros do clube. O investidor não pode parecer-se como tal, tampouco fazer as vezes. Deve investir, indicar e direcionar os investimentos, obviamente, assessorado por uma equipe profissional. Cabe ao presidente de facto representar o clube e auxiliar este investidor em questões internas.

O presidente também não pode ter ciúmes do investidor. Não pode ser o técnico da equipe. Tampouco o presidente pode. Aliás, para isso em um clube existe o departamento desportivo, departamento de futebol: para quem entende de desporto; para quem entende de futebol. Sem dar palpites, sugestões e com isso atrapalhar o trabalho do seu colega de clube, seja no âmbito desportivo quanto gerencial. Isso é profissionalismo.

Como diz a gíria, “cada macaco no seu galho”. Sem picuinhas e disputas de poder, por isso do título deste texto. Todos sabem a função de cada um e seu papel, seja em uma empresa ou em um clube desportivo. O que acontece fora do campo interfere dentro e, consequentemente, nos resultados.

Cada um em seu lugar, com seus direitos e deveres, pelo bem da organização. Tudo isso em nome do profissionalismo.

0 Responses to “Que Rei Sou Eu?”



  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s




Virgilio’s Tweets

Esses Dias na História

14 de Agosto

1974 – Nasce Ryan Gracie, grande responsável pela expansão dos negócios da família com academias de Jiu-Jitsu Brasileiro.

15 de Agosto

1823 – Adesão da Província do Grão-Pará ao Império do Brasil.

16 de Agosto

1992 – O inglês Nigel Mansell torna-se campeão mundial de pilotos de Fórmula 1

17 de Agosto

1979 – Fundada a Associação Nacional de Jornais do Brasil, com o objetivo de defender a liberdade de imprensa

18 de Agosto

1964 – A África do Sul é banida dos Jogos Olímpicos pelo COI por não renunciar ao regime de apartheid (política de segregação racial)

19 de Agosto

1981 – Entra no ar o Sistema Brasileiro de Televisão (SBT).

20 de Agosto

2016 – O Brasil conquista a medalha de ouro no futebol masculino dos Jogos Olímpicos.

21 de Agosto

1991 – Tentativa de golpe na URSS: a junta é dissolvida e Mikhail Gorbachev recupera o poder. O parlamento da Letônia proclama sua independência da URSS.

22 de Agosto

1910 – Anexação da Coreia pelo Japão, o que quase extinguiu a cultura coreana.

23 de Agosto

1987 – O Brasil conquista a medalha de ouro no basquetebol masculino nos Jogos Pan-Americanos.

Blog Stats

  • 144,520 hits

#CulturaDeRugby


%d blogueiros gostam disto: