Novos Olímpicos

Golfe, squash, beisebol, softbol, Rugby, caratê e patinação. São 7 as modalidades que querem se tornar olímpicas, mas o COI (Comitê Olímpico Internacional) abriu apenas 2 vagas. Existem vários critérios a serem levados em consideração pelo organismo, como o número de atletas federados e a quantidade de países em que a modalidade é praticada. A seguir uma breve análise sobre cada uma delas.

Golfe: um dos esportes que mais crescem, com cada vez mais praticantes. Tem um dos atletas mais bem pagos do mundo (Tiger Woods), porém restrito. O equipamento é caro, além de o recinto de jogo requerer amplo espaço e alto custo de manutenção. Ponto negativo: popularidade. Ponto positivo: praticantes “influentes”.

Golfe (Fonte: www.terravistabrasil.com.br)

Patinação: também atrai cada vez mais praticantes, mas não está organizado. Faltam federações para definir suas regras. Caso escolhido, que tipo de patinação seria? Patinação de velocidade, de habilidade ou simplesmente corrida? Ponto positivo: número de praticantes. Ponto negativo: organização.

Squash: pequeno espaço para a prática e baixo custo de manutenção, porém poucos praticantes fora dos países da comunidade britânica. Ponto positivo: espaço e custo. Ponto negativo: poucos praticantes.

Caratê: popular no mundo inteiro, grande frequência na realização de torneios internacionais, tema para vários filmes. Não vejo pontos negativos e é de surpreender que ainda não seja uma modalidade dos Jogos Olímpicos.

Quem não se lembra do “Karate Kid”? Sr. Miyagi e Daniel Sam? (Fonte: www.fast-rewind.com)

Beisebol e softbol: Popular em apenas 2 regiões do planeta (Japão e Caribe). A MLB (Major League Baseball) dos Estados Unidos possui apenas nome e está em crise, com jogos com assistência cada vez menor. Nem os Yankees de Nova Iorque escapam. Escândalos de dopagem também marcaram as modalidades nos últimos anos. Além disso, foram recentemente excluídos dos Jogos, o que faz com que o retorno seja demorado (se acontecer). Pontos negativos: dopagem, recém-excluídos, crise da modalidade. Ponto positivo: modalidade mais popular em uma parte do planeta economicamente importante, o Japão.

Rugby: modalidade que possui o campeonato do mundo mais rentável e lucrativo. Conhecidos patrocinadores, boa organização, extremamente popular (ainda falta conquistar países importantes como a China e o Brasil) e federação internacional com mais de 100 países filiados. Provavelmente, dentro do Rugby será escolhida a modalidade de “Seven”, menos demorada. Os torneios de Rugby XV demandam grande intervalo de dias entre uma partida e outra. Ponto negativo: muitos dizem ser violento; o torneio de Rugby XV é demorado. Ponto positivo: popularidade, países filiados e organização.

Para este blog, os favoritos são: caratê e Rugby (na modalidade de sevens). Em termos de praticantes esportivos e rendimentos com os patrocínios, o Comitê Olímpico Internacional só tem a ganhar com a entrada destes dois esportes.

0 Responses to “Novos Olímpicos”



  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s




Mundo Virga

Houve um erro ao recuperar imagens do Instagram. Uma tentativa será refeita em poucos minutos.

Siga-me no Twitter

Blog Stats

  • 147.388 hits

#CulturaDeRugby


%d blogueiros gostam disto: