Palavras que Valem

Um dos trabalhos de conclusão de curso dos meus alunos é sobre o “media training”, que consiste em a pessoa ser treinada e preparada para poder se comportar diante da imprensa e perante um público que o acompanhará. Deve ter cuidados com a postura, com as palavras, com o traje e com o olhar. Deve estar pronto para quaisquer perguntas e responder o suficiente para sanar a dúvida do entrevistador. Sem rodeios, sem vícios de linguagem, objetivo.

Atualmente o media training é muito comum no meio esportivo, afinal o esporte está cada vez mais profissional e movimenta muito dinheiro. Os atletas e dirigentes representam uma instituição e em função disso conferirão, através das suas condutas e das suas palavras, a imagem desta instituição. Quanto mais ela se preserva e prepara os seus profissionais para as situações de exposição pública, melhor a sua marca fica conhecida no mercado. Entretanto se o atleta dá entrevistas de brinco, chinelo e camiseta regata – como acontece em muitos casos -, a última imagem que o público terá da instituição será o de profissionalismo.

Dessa maneira percebe-se o porquê de clubes estrangeiros de futebol preferirem muito mais argentinos a brasileiros. Profissionalismo. Com raríssimas exceções (Tevez), o argentino sabe falar muito melhor que o brasileiro. É pouco comum vermos argentinos, uruguaios e paraguaios perderem-se em festas e bebidas, ao contrário dos brasileiros. Enquanto em muitos casos os demais Sul-Americanos esforçam-se a falar a língua do País local, o brasileiro tem tradutor e outros serviços, “cheio de quereres”, como diria meu amigo Luizão. Recentemente via um programa de entrevistas na Fox Sports Argentina, bem descontraído. O entrevistado no estúdio: um jovem goleiro do All Boys, da 1ª divisão local. All Boys, pessoal, All Boys! Com o merecido respeito, mas alguém que não fanático conhece os All Boys? Ora, eu não sabia distingui-lo (o goleiro) dos apresentadores, tamanha a desenvoltura do atleta. No Brasil isso é bem menos possível.

Não venham com a desculpa sobre a origem socioeconômica do atleta. Lá eles também vêm em sua maioria de condições bem humildes.

É preciso refletir sobre isso, afinal as palavras valem milhões e são capazes de construir a imagem de uma organização.

No entanto eu não queria dizer isso: media training para atletas no Brasil é indicador de subdesenvolvimento. Significa um esforço em preparar o atleta para vendê-lo a um mercado mais rico e que gerará mais rendimentos para a instituição aqui no Brasil, já que não consegue através de outras maneiras.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s




Mundo Virga

Houve um erro ao recuperar imagens do Instagram. Uma tentativa será refeita em poucos minutos.

Virgilio’s Tweets

Esses Dias na História

15 de Fevereiro

1894 – Inaugurada a Escola Politécnica de São Paulo

16 de Fevereiro

1867 – Abertura ao tráfego da primeira ferrovia do estado de São Paulo, a São Paulo Railway

17 de Fevereiro

1867 – O primeiro navio atravessa o Canal de Suez

18 de Fevereiro

1965 – Independência do Gâmbia

19 de Fevereiro

1846 –  O governo da República do Texas transfere oficialmente o poder para o governo do estado do Texas após a anexação do Texas pelos Estados Unidos

20 de Fevereiro

1962 – Programa Mercury: a bordo da “Mercury-Atlas 6”, John Glenn torna-se o primeiro americano a orbitar a Terra, fazendo três órbitas em quatro horas e 55 minutos

21 de Fevereiro

1945 – Segunda Grande Guerra: a Força Expedicionária Brasileira derrota as forças alemãs na Batalha de Monte Castello durante a Campanha da Itália

22 de Fevereiro

2002 – O líder político angolano Jonas Savimbi é morto em uma emboscada militar

Blog Stats

  • 146.312 hits

#CulturaDeRugby


%d blogueiros gostam disto: