Os Recursos Humanos (Esportivos)

Para que um elenco esportivo seja bem sucedido em termos de resultado e de convívio, são necessários inúmeros fatores. Estamos mais habituados a ver/ouvir pessoas como Bernardinho (vôlei) e Carlos Alberto Parreira (futebol) tratarem deste tema. Segue aqui uma humilde contribuição.

Um grupo esportivo é uma organização. Esportiva, claro, mas antes disso, uma organização. Cada um tem as suas funções e especificidades e busca cumpri-las. Para um bom funcionamento de uma organização, talvez o fator mais importante seja a transparência, que é dada através da comunicação. Não menos importante mas tão necessário quanto, julgo ser a pró-atividade e o espírito de equipe. De acordo com o dicionário, “equipe” é um grupo de pessoas que trabalha para o mesmo fim.

Enfim, uma delegação esportiva é obviamente uma “equipe”, mais complexa, que vai mais além daqueles que estão em campo, em competição. Eles ali em campo são resultado do trabalho de uma organização. O resultado esportivo será o resultado da organização que os jogadores terão ali em campo. Ambas devem trabalhar com transparência e espírito. Antes disso, no plano de uma delegação esportiva, o sucesso dos trabalhos se dá através deste quadro:

Uma delegação esportiva (adaptado de Woodward, 2008)

Uma delegação esportiva (adaptado de Woodward, 2008)

Liderança: é importante para a delegação. São as referências e os exemplos do grupo. Treinamento, que é fundamental para a obtenção dos resultados esportivos, para a condução do jogo que o treinador julgar necessário. Preparação física e nutrição, para a execução dos treinamentos e a realização do jogo. Psicologia, para que o treinador tenha em mãos peças saudáveis não apenas em corpo, mas em mente. Suporte médico para que o grupo esteja em condições ideais de atuar e que os jogadores estejam prontamente recuperados em tempo de atuar; análise/TI porque as estatísticas são importantes para que pontos fortes e deficiências da equipe sejam verificados e seus erros, minimizados. Por fim, a gestão de toda essa delegação, que fornece as condições e necessárias para o trabalho de todos eles.

Por palavras, parece tudo muito simples, mas não é. Tudo isso acima funciona: com transparência, comunicação e espírito de equipe.

0 Responses to “Os Recursos Humanos (Esportivos)”



  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s




Mundo Virga

Houve um erro ao recuperar imagens do Instagram. Uma tentativa será refeita em poucos minutos.

Virgilio’s Tweets

Esses Dias na História

15 de Fevereiro

1894 – Inaugurada a Escola Politécnica de São Paulo

16 de Fevereiro

1867 – Abertura ao tráfego da primeira ferrovia do estado de São Paulo, a São Paulo Railway

17 de Fevereiro

1867 – O primeiro navio atravessa o Canal de Suez

18 de Fevereiro

1965 – Independência do Gâmbia

19 de Fevereiro

1846 –  O governo da República do Texas transfere oficialmente o poder para o governo do estado do Texas após a anexação do Texas pelos Estados Unidos

20 de Fevereiro

1962 – Programa Mercury: a bordo da “Mercury-Atlas 6”, John Glenn torna-se o primeiro americano a orbitar a Terra, fazendo três órbitas em quatro horas e 55 minutos

21 de Fevereiro

1945 – Segunda Grande Guerra: a Força Expedicionária Brasileira derrota as forças alemãs na Batalha de Monte Castello durante a Campanha da Itália

22 de Fevereiro

2002 – O líder político angolano Jonas Savimbi é morto em uma emboscada militar

Blog Stats

  • 146.312 hits

#CulturaDeRugby


%d blogueiros gostam disto: