A Identidade Nacional através da Copa do Mundo

Já pararam e se perguntaram por que um jogo do Brasil em um mundial de futebol é importante?

Vamos voltar no tempo.

1648: formação de uma das principais instituições para um Estado-Nação, o Exército. Deu-se no contexto da Invasão Holandesa (1624-1654), quando houve a união de três líderes das principais etnias do Brasil naquela época: Vidal de Negreiros (branco, nascido na Paraíba), Filipe Camarão (Indígena) e Henrique Dias (negro nascido no Nordeste), para a Batalha dos Guararapes (19/4/1648). É este o Dia do Exército, quando houve a união das três raças para a libertação do Brasil.

1888: abolição da escravatura. 1889: proclamação da República e com isso o rompimento em definitivo com o passado político de Portugal. A abolição da escravatura ‘insere’ o negro na sociedade brasileira (sabemos que não foi assim e que até hoje não é assim) e a República consolidaria o processo de liberdade e democracia para todas as camadas da população. Também sabemos que não foi bem dessa maneira, mas o propósito era este.

Enquanto o propósito não era concretizado, o Brasil quase se desmantelou. Foram vários levantes e revoluções até a implementação do Estado Novo (1937-1945) por Getúlio Vargas, dentre elas: a Revolução Federalista (anos 1890), Canudos (final do século XIX), Revolta Tenentista (década de 1920) e a Revolução Constitucionalista (1932).

O que era ser brasileiro e pertencer ao Brasil até então? Nada. Eram países dentro de um país. Ademais, apenas uma elite era considerada apta para votar. As Forças Armadas, também estavam restritas a uma elite.

A primeira representação de algo genuinamente brasileiro foi a seleção nacional de futebol da Copa do Mundo FIFA de 1938. Ali estavam brancos (ex.: Bauer) e negros (ex.: Leônidas da Silva) de várias partes do país que conquistaram um grande 3º lugar. A seleção de futebol mostrava-se acessível para toda a população devido às origens de boa parte de seus jogadores, e era a mistura das raças – que Gilberto Freyre pregou em suas obras -, pilar da formação do Exército Brasileiro, instituição primária na constituição de um Estado-Nação.

E daqueles anos até hoje ela tem se mostrado dessa maneira. É a representação de um país multicultural e de vasta extensão territorial. Na necessidade de mostrar isso ao mundo todo e fazer valer a condição de soberania, a Copa do Mundo de futebol torna-se o melhor palco para essa manifestação.

0 Responses to “A Identidade Nacional através da Copa do Mundo”



  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s





%d blogueiros gostam disto: