De Letras

Eduardo Galeano, escritor uruguaio, faleceu ontem. Conhecido mundialmente por obras como “As Veias Abertas da América Latina” e “Memória do Fogo”, eu tive ‘acesso’ a ele através do futebol. Como?!

Ora, meu livro de cabeceira é “O Futebol ao Sol e à Sombra” (1995). Leitura deliciosa que recomendo a todos os apaixonados pelo esporte e que vivem a cultura do futebol. Deixo aqui algumas frases marcantes deste livro:

futebol-ao-sol-e-a-sombra

“É raro o torcedor que diz: ‘Meu time joga hoje’. Sempre diz: ‘Nós jogamos hoje’”.

“Durante mais de um século, o árbitro vestiu-se de luto. Por quem? Por ele. Agora disfarça, com cores”.

“O treinador dizia: Vamos jogar. O técnico diz: Vamos trabalhar”.

“Jogou, venceu, mijou, perdeu.” (sobre Maradona)

“Hoje em dia, o estádio é um gigantesco estúdio de televisão. Joga-se para a televisão, que oferece a partida em casa. E a televisão manda.”

“Uma jornalista perguntou à teóloga alemã Dorothee Solle: – Como a senhora explicaria a um menino o que é a felicidade? – Não explicaria – respondeu. – Daria uma bola para que jogasse”.

Sobre o estádio:

“Você já entrou, alguma vez, num estádio vazio? Experimente. Pare no meio do campo, e escute. Não há nada menos vazio que um estádio vazio. Não há nada menos mudo que as arquibancadas sem ninguém.

Em Wembley ainda soa a gritaria do Mundial de 66, que a Inglaterra ganhou, mas aguçando o ouvido você pode escutar gemidos que vêm de 53, quando os húngaros golearam a seleção inglesa.

O Estádio Centenário, de Montevidéu, suspira de nostalgia pelas glórias do futebol uruguaio. O Maracanã continua chorando a derrota brasileira no Mundial de 50. Na Bombonera, de Buenos Aires, trepidam tambores de há meio século.

Das profundezas do estádio Azteca, ressoam os ecos dos cânticos cerimoniais do antigo jogo mexicano de pelota.

Fala em catalão o cimento do Camp Nou, em Barcelona, e em basco conversam as arquibancadas do San Mamés, em Bilbao.

Em Milão, o fantasma de Giuseppe Meazza mete gols que fazem vibrar o estádio que leva seu nome.

A final do Mundial de 74, vencida pela Alemanha, continua sendo jogada, dia após dia e noite após noite, no estádio Olímpico de Munique.

O estádio Rei Fahd, na Arábia Saudita, tem camarote de ouro e mármore, tribunas atapetadas, mas não tem memória nem grande coisa que dizer.”

Obrigado, Galeano. Descanse em paz.

Eduardo-Galeano

0 Responses to “De Letras”



  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




Esses Dias na História

16 de Janeiro

1605 – Publicado em Madrid a primeira edição de El ingenioso hidalgo Don Quijote de la Mancha” (Livro I de Dom Quixote) de Miguel de Cervantes

17 de Janeiro

1377 – Papa Gregório XI muda o Papado de Avignon de volta para Roma

18 de Janeiro

1535 – Fundação de Lima, capital do Peru

19 de Janeiro

1983 – Anunciado o “Apple Lisa”, o primeiro computador pessoal comercial da Apple a ter uma interface gráfica do usuário e um mouse

20 de Janeiro

1917 – Lançado em disco “Pelo Telefone”, considerado o primeiro samba a ser gravado no Brasil

21 de Janeiro

1911 – Ocorre o primeiro Rali de Monte Carlo

22 de Janeiro

1968 –  Apollo 5 lança o primeiro voo teste não tripulado do Módulo Lunar Apollo (LM-1) para o Programa Apollo da NASA

23 de Janeiro

1579 – União de Utrecht forma uma república protestante nos Países Baixos

24 de Janeiro

1984 – Apple Computer lança nos Estados Unidos o computador pessoal “Macintosh”

25 de Janeiro

1554 – Fundada a Vila de São Paulo de Piratininga, atual São Paulo, capital do estado homônimo e cidade com o maior número de habitantes do país

1924 – Abertura das Jogos Olímpicos de Inverno de Chamonix (FRA)

1934 – Fundação da Universidade de São Paulo (USP)

26 de Janeiro

1546 – Fundação da atual cidade de Santos (na imagem abaixo, o brasão de armas do município, cuja inscrição significa: “À Pátria ensinei a liberdade e a caridade”)

27 de Janeiro

1983 – Perfurado o eixo piloto do túnel Seikan, o túnel subaquático mais longo do mundo (53,85 km) entre as ilhas japonesas de Honshu e Hokkaido

28 de Janeiro

1808 – Promulgado o Decreto de Abertura dos Portos às Nações Amigas pelo Príncipe-regente de Portugal Dom João de Bragança, em Salvador

29 de Janeiro

1886 – Karl Benz patenteia o primeiro automóvel bem sucedido à gasolina

30 de Janeiro

1972 – Domingo Sangrento: paraquedistas britânicos abrem fogo contra manifestantes católicos em Derry, Irlanda do Norte, matando 14 pessoas.

31 de Janeiro

1966 – URSS lança a nave espacial não tripulada Luna 9 como parte do “Programa Luna”.

1º de Fevereiro

1987 – Instalada a Assembleia Nacional Constituinte (ANC) no Brasil, presidida pelo deputado federal Ulysses Guimarães (a ANC trabalhou para a atual Carta Magna da República Federativa do Brasil, em 5-10-1988)

2 de Fevereiro

1914 – Fundação do Paysandu Sport Club, em Belém/PA

3 de Fevereiro

1536 – Pedro de Mendoza funda a cidade de Buenos Aires

4 de Fevereiro

1856 – Fundação da Vila de Mokói-Yembú, atual Dois Córregos

5 de Fevereiro

1973 – Os Estados Unidos enterram o último soldado morto na Guerra do Vietnã, conflito que oficialmente acabou só em 30-4-1975

6 de Fevereiro

1840 – Assinatura do “Tratado de Waitangi”, na Nova Zelândia: garante a soberania do Reino Unido sobre o território. Também garante aos nativos da continuidade da chefia e a posse das suas terras e tesouros (tsonga em māori). Por fim, concede iguais direitos aos Māori e anglo-descendentes.

7 de Fevereiro

1756 – É assassinado Sepé Tiaraju, líder da resistência dos Sete Povos das Missões

Mundo Virga

🎙"ON DUTY"

Blog Stats

  • 140,899 hits

Virgilio’s Tweets

#CulturaDeRugby


%d blogueiros gostam disto: