“Boom”

Uma das metas de governo do recém-eleito presidente da Guatemala, Otto Pérez, é levar o país para uma Copa do Mundo de futebol. Em termos de política e projeção internacional, justifica-se a meta. Até mesmo o período do mundial FIFA pode significar um aumento temporário do nível de emprego, haja vista a confecção de produtos com as cores nacionais da Guatemala e da quantidade de pessoas que serão necessárias em bares e restaurantes para servir à mesa. No entanto, tudo isso é muito temporário e, a longo prazo, tal meta não traria grandes resultados.

Longo prazo. Este termo é fundamental. Pela crise econômica da Europa se entende o “boom” dos negócios no futebol brasileiro. Repito, é um “boom”. Como todo “boom”, a poeira abaixa depois de um tempo. Por isso é preciso ter cuidado e para um crescimento ser sólido e constante, é necessário, planejamento. O Santos argumentou bem a manutenção de Neymar no plantel: o crescimento do número de torcedores. Número de torcedores = consumidores. Flamengo e Corinthians querem ser os maiores do mundo. E pode. As equipes europeias, cujas projeções são muito maiores, não tem o mesmo número de torcedores que eles. Para a projeção ser maior, basta tratar o esporte com mais profissionalismo. Já é bem profissional “dentro de campo”, setor em que os resultados saltam mais aos olhos. É preciso ser profissional também nos bastidores.
No Brasil tal fenômeno não é exclusivo do futebol. Outras modalidades passam pelo mesmo processo. Os Jogos Olímpicos constituem um fator para. Como todo “boom”, a poeira abaixa e um cenário de crise poderá vir. Quando – e se – vier, é preciso estar preparado para não se arrepender do que não foi feito.

O bom momento – não é o melhor – do esporte no Brasil não se explica somente pela crise em outros lugares do mundo. É sobretudo um aviso de uma chance para mudarmos em definitivo os rumos do esporte no país e projetá-lo internacionalmente pelos bons exemplos.

0 Responses to ““Boom””



  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s




Virgilio’s Tweets

Esses Dias na História

14 de Agosto

1974 – Nasce Ryan Gracie, grande responsável pela expansão dos negócios da família com academias de Jiu-Jitsu Brasileiro.

15 de Agosto

1823 – Adesão da Província do Grão-Pará ao Império do Brasil.

16 de Agosto

1992 – O inglês Nigel Mansell torna-se campeão mundial de pilotos de Fórmula 1

17 de Agosto

1979 – Fundada a Associação Nacional de Jornais do Brasil, com o objetivo de defender a liberdade de imprensa

18 de Agosto

1964 – A África do Sul é banida dos Jogos Olímpicos pelo COI por não renunciar ao regime de apartheid (política de segregação racial)

19 de Agosto

1981 – Entra no ar o Sistema Brasileiro de Televisão (SBT).

20 de Agosto

2016 – O Brasil conquista a medalha de ouro no futebol masculino dos Jogos Olímpicos.

21 de Agosto

1991 – Tentativa de golpe na URSS: a junta é dissolvida e Mikhail Gorbachev recupera o poder. O parlamento da Letônia proclama sua independência da URSS.

22 de Agosto

1910 – Anexação da Coreia pelo Japão, o que quase extinguiu a cultura coreana.

23 de Agosto

1987 – O Brasil conquista a medalha de ouro no basquetebol masculino nos Jogos Pan-Americanos.

Blog Stats

  • 144.581 hits

#CulturaDeRugby


%d blogueiros gostam disto: