Europeias

Eurocopa 2012: russos e polacos se enfrentam nas ruas, antes do jogo entre as duas seleções. Notícia antiga, é verdade. Problema mais antigo ainda. Há séculos esses dois povos não se entendem. Invasões, controle político, emboscadas, atentados. A Rússia sempre interferiu no cotidiano da Polônia. E, claro, os poloneses nunca gostaram disso.

E ainda acham que um jogo de futebol poderia trazer a paz entre eles! E ainda acreditam que o Pelé parou uma guerra, na África, nos anos 70. São lendas, criadas para vender supostos mitos e heróis. Não serão 90 minutos que colocariam fim a centenas de anos de divergências. Não existe isso. Ainda mais com a vitória de uma equipe sobre a outra. Se a Rússia vence, simbolicamente os russos mantêm um ‘domínio’ sobre a Polônia. Se ganham os polacos, simbolicamente a Polônia é superior à Rússia. Em 2007 a União Europeia de Futebol fez a besteira de colocar Armênia e Azerbaijão no mesmo grupo de apuramento ao Mundial FIFA 2010. Armênios e azeris se odeiam desde suas primeiras gerações. Foi preciso cancelar os dois jogos.

Que dentro de campo e do recinto esportivo, que as boas atitudes prevaleçam entre os jogadores e torcedores. Infelizmente esta consciência está entre aqueles com bom poder aquisitivo, que podem comprar bilhetes para jogos como este. Ou seja, boa parte da população não tem acesso a ele. Fora dele, difícil o esporte colocar fim a um passado de ódio, submissão e repressão. Achar que uma bola vai resolver esses problemas e que os torcedores deveriam se esquecer disso e agir com fair-play é, no mínimo, inocência.

1 Response to “Europeias”


  1. 1 Cristiane 21/06/2012 às 1:50 pm

    Oi Vir, excelente texto, como sempre…
    Essa história de usar o futebol para traçar paralelos entre momentos ou questões políticas, ou que o futebol pode resolver divergencias já era tratada muito antes do Pelé parar a guerra na Africa..
    Num dos seus textos sobre futebol,Gabriel García Marquez escreveu mais ou menos assim: “que se os homens de hoje ( o texto foi escrito em 1950 ) tivessem um sentido menos trágico da vida, O Oriente e o Ocidente poderiam resolver suas diferenças com uma partida de futebol, com Stalin de centroavante de um lado e Truman do outro.”
    E olha que á principio ele não gostava de futebol, e só foi descobrir o que era essa devoção e encanto que o futebol exerce quando viu pela primeira vez Heleno de Freitas em campo..


Deixe uma resposta para Cristiane Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s




Siga-me no Twitter

Blog Stats

  • 150.056 hits

#CulturaDeRugby


%d blogueiros gostam disto: