Pré-Olímpicas

Estamos a duas semanas dos Jogos Olímpicos de Londres. Há 20 anos estávamos às vésperas dos de Barcelona. Eram as férias de Julho. Eu e meus amigos, o pessoal da rua, inventávamos competições ‘Olímpicas’. Nos dividíamos entre países, o clima era outro. Vivíamos os Jogos e aguardávamos ansiosamente por eles. Naquela época, Fernando Collor era presidente, ouvíamos falar do processo de impeachment sobre ele, mas era uma palavra que para nós significava mais estranha do que a possibilidade de destituição do cargo. A inflação era avassaladora: não se sabia quanto ia custar a pipoca no fim do mês. Usávamos ‘Bamba’ e ‘kichute’. Senna era (ainda é) nosso herói. Ninguém compreendia o fim da União Soviética. Só havia 6 canais de TV: Globo, Bandeirantes, SBT, Cultura, Manchete e Record. Os jornais ainda não eram coloridos. Internet? Nem ideia, assim como um computador. Ainda assim, não víamos a hora dos Jogos de Barcelona!

Hoje, não sei se pela idade, mesmo com as Olimpíadas prestes a acontecer, não vemos tudo isso do mesmo jeito. Claro que para atletas e imprensa, é diferente. Talvez se o rúgbi lá já estivesse, veria de outra maneira. Também não vemos com os mesmos olhos, temos atualmente outras prioridades que uma criança não tem/tinha. Sabemos também mais dos interesses comerciais e financeiros envolvidos no esporte. Infelizmente as Olimpíadas já não são o que foram. Ou sempre foram, mas não percebíamos. Somos diariamente expostos a tantos eventos, tantas opções de consumo de espetáculos esportivos que chegamos a considerar que as Olimpíadas são apenas mais alguns desses eventos. Para a maioria do público em geral, será. Claro que não deixarão de acompanhar, desde badminton até o tiro-ao-alvo móvel, ‘fossa-de-tantos-metros’, ‘calibre-coisa-e-tal’.

Em 20 anos muita coisa mudou. Daqui 20 anos, tanta coisa ainda pode mudar. Os Jogos Olímpicos não são unânimes e enfrentam forte concorrência. Como eles vão cativar o público, sobretudo o mais adolescente, é um grande desafio. Talvez as Olimpíadas nem sejam feitas mais para a televisão, mas sim exclusivamente pela internet, cujo sinal wi-fi estará ao alcance de todos, assim como as ondas de rádio, que são facilmente captadas pelo aparelho. Do futuro, não se sabe. São apenas previsões.

Os Jogos têm os seus ideais e valores. Tudo isso é muito bonito, mas a concorrência existe e é cada vez maior, os públicos variam, os gostos também. E gosto não se discute. Gosto se entende.

* – em 1992, o máximo em eletrônico que tínhamos dos Jogos Olímpicos era um cartucho do Mega-Drive. Eram 6 modalidades: 100 metros rasos (para se fazer o boneco correr precisava apertar rapidamente os botões ABABABABAB…), 110 metros com barreiras, natação, arremesso de peso, saltos ornamentais e dardo!

0 Responses to “Pré-Olímpicas”



  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s




Virgilio’s Tweets

Esses Dias na História

14 de Agosto

1974 – Nasce Ryan Gracie, grande responsável pela expansão dos negócios da família com academias de Jiu-Jitsu Brasileiro.

15 de Agosto

1823 – Adesão da Província do Grão-Pará ao Império do Brasil.

16 de Agosto

1992 – O inglês Nigel Mansell torna-se campeão mundial de pilotos de Fórmula 1

17 de Agosto

1979 – Fundada a Associação Nacional de Jornais do Brasil, com o objetivo de defender a liberdade de imprensa

18 de Agosto

1964 – A África do Sul é banida dos Jogos Olímpicos pelo COI por não renunciar ao regime de apartheid (política de segregação racial)

19 de Agosto

1981 – Entra no ar o Sistema Brasileiro de Televisão (SBT).

20 de Agosto

2016 – O Brasil conquista a medalha de ouro no futebol masculino dos Jogos Olímpicos.

21 de Agosto

1991 – Tentativa de golpe na URSS: a junta é dissolvida e Mikhail Gorbachev recupera o poder. O parlamento da Letônia proclama sua independência da URSS.

22 de Agosto

1910 – Anexação da Coreia pelo Japão, o que quase extinguiu a cultura coreana.

23 de Agosto

1987 – O Brasil conquista a medalha de ouro no basquetebol masculino nos Jogos Pan-Americanos.

Blog Stats

  • 144,520 hits

#CulturaDeRugby


%d blogueiros gostam disto: