Posts Tagged 'Fútbol'

Um Melhor do Mundo Presidente da Libéria

Primeiro país independente da África (1847), fundado a partir de terras compradas pelos Estados Unidos para escravos recém libertados, que desejassem voltar ao continente de origem, teve muito apoio de um ex-presidente norte-americano, James Monroe (1817-1825). É por isso que sua capital leva o nome de Monróvia.

Com uma história marcada por mandos e desmandos no poder, golpes de Estado e bastante violência, nos últimos anos a política liberiana felizmente goza de estabilidade. Nas primeiras eleições livres e diretas, realizadas há 12 anos, a economista Ellen Johnson-Sirleaf (Prêmio Nobel da Paz em 2011) foi eleita (2005) e reeleita (2011). No pleito deste ano, o ex-futebolista George Weah (escolhido melhor do mundo em 1995) atual senador e derrotado nas últimas eleições, venceu e será empossado em breve.

George-Weah

Weah escolhido melhor do mundo em 1995, pelo AC Milan

Os problemas da Libéria são vários, desde a corrupção até a pobreza extrema da população, endêmica. Entretanto, a aparente tranquilidade na condução das eleições dá um panorama que poucos países africanos possuem, que é o do respeito pela democracia e suas instituições.

george-weah-campaign-in-monrovia

Weah em campanha presidencial

Não vai ser um ex-futebolista que vai resolver as questões que atrasam aquele país, mas enquanto atleta ele o uniu em momentos delicados. Dedicou-se a causas sociais e esportivas na Libéria. Sempre foi bastante atuante politicamente, mesmo dentro de campo, quando era embaixador da ACUNR (Agência das Nações Unidas para os Refugiados), tendo sido ele próprio, refugiado. Sabe a dinâmica da economia de um país desenvolvido. Em termos de Soft Power (poder brando), um importante “Relações Públicas” para a nação. Simbolicamente ele posiciona a Libéria no mundo, o que pode atrair vários investimentos estrangeiros. Ademais, ele sucede uma economista que – aos olhos do mundo – pôs o país de volta à vida democrática.

GWeah2001vsNigeria

Weah em atuação pela Libéria contra a Nigéria, em 2001

Se continuar neste caminho da estabilidade e unidade nacional, a Libéria tem um próspero futuro pela frente. Claro que o futebol é bastante diferente da política, e Weah parece bem saber disso.

Era uma vez em La Paz

Há alguns dias lembrei-me da Copa do Mundo FIFA 1994 e da sua fase de apuramento. Consequentemente não dá pra se esquecer da seleção boliviana daquela época. Era uma grande equipe: Carlos Trucco, Baldivieso, Erwin Sanchez, Etcheverry marcaram toda uma geração, como a minha.

A Bolívia não é conhecida pela excelência no esporte. Os recursos financeiros são escassos. O baixo IDH reflete nos recursos humanos que o país possui à disposição. A economia e o esporte boliviano são muito prejudicados pela dificuldade de acesso entre as diferentes regiões do país. O altiplano limita muito, tanto para quem é das terras baixas quanto para quem é de lá mesmo. Ademais, a falta de saída ao mar dificulta ainda mais o escoamento dos produtos com a finalidade de serem exportados. Tudo isso, somado aos diversos desafios econômicos e sociais, deixam a prática esportiva em segundo plano, com raríssimas exceções, como o piloto de ralis Jorge Salvatierra; o executivo da IBM internacional, Jorge Quiroga; a atriz radicada no México, Ximena Herrera; o empresário Marcelo Claure, CEO da Sprint (telecomunicações); e as seleções de futebol de 1963 (campeã da Copa América) e de 1993, que se classificou ao mundial de 1994, nos EUA.

No ano passado o Bolívar (equipe de La Paz, uma das capitais do país, a outra é Sucre) foi semifinalista da Libertadores. Beirou o protagonismo. Recentemente Evo Morales tem adotado uma postura distante da Venezuela e de Cuba, mais próximo das grandes economias e isso tem dado um novo rumo para o PIB nacional. Tomara que continue. Pelo bem do esporte, do jogo e da América do Sul, queremos – de volta – ver uma seleção boliviana como a da foto acima. Inesquecível.


Mundo Virga

Virgilio’s Tweets

Esses Dias na História

17 de Dezembro

1819 – Simón Bolívar declara a independência da República da Grã-Colômbia em Angostura (hoje Ciudad Bolívar na Venezuela)

18 de Dezembro

1932 – Os Ursos de Chicago (Chicago Bears) vencem os Espartanos de Portsmouth (Portsmouth Spartans) no primeiro jogo da história da NFL

19 de Dezembro

1983 – Roubo da Taça Jules Rimet, da sede da CBF à Rua da Alfândega, no Rio de Janeiro

20 de Dezembro

1999 – Portugal transfere a soberania de Macau para a República Popular da China

21 de Dezembro

1995 – Israel transfere a soberania da cidade de Belém para a Autoridade Palestina

22 de Dezembro

1989 – O então Presidente da Romênia, Nicolae Ceaușescu, é deposto por Ion Iliescu após dias de sangrentos distúrbios pelo país. O dirigente deposto e sua esposa fogem de helicóptero, que sobrevoa uma Bucareste em ruínas

23 de Dezembro

1990 – Em referendo, 88,5% dos eslovenos optam pela independência em relação à Iugoslávia

24 de Dezembro

1906 – Reginald Fessenden faz a primeira transmissão regular de rádio ao ler um poema, fazer um solo de violino e, finalmente, um breve discurso

25 de Dezembro

1991 – Referendo na Ucrânia decide pela sua independência em relação à URSS

1991 – Em Moscou, o Presidente da antiga URSS Mikhail Gorbachev renuncia e a União das Repúblicas Socialistas Soviéticas se dissolve

26 de Dezembro

1963 – Os “Beatles” lançam “I Want to Hold Your Hand” e “I Saw Her Standing There” nos EUA, o marco do início da ‘Beatlemania’ em nível internacional

Blog Stats

  • 146.018 hits

#CulturaDeRugby


%d blogueiros gostam disto: